segunda-feira, 7 de janeiro de 2008

O que é o Y?



Aconteceu na sala de Quimioterapia, com a Dra. Quinam, Dr. Manjericão e a paciente Maria, de 16 anos.


O casal de palhaços adentra a sala lotada e Dr. Manjericão esquece o primeiro mandamento do cavalheirismo: damas primeiro. Dra. Quinam tem forte acesso de mágoa que a leva a um grande desabafo em meio aos pacientes. Entre choros e lamentos a paciente Maria pergunta:


- Por que você não se mata?


A artista por trás da máscara pensou por um segundo e resolveu encarar o tema da morte na frente das crianças. Enbarcou naidéa de Maria concordando que essa seria a única solução para TAMANHA tragédia. Após decidir com os presentes a melhor forma de suicídio, subiu em um banco pronta para se jogar no abismo. Neste momento, Dr. Manjericão começou a tocar seu violão e cantar: "Olha que coisa mais linda, mais cheia de graça, é ela menina que vem e que passa, num doce balanço a caminho do mar..."


Manjericão tentava fazer sua parceira mudar de opinião enquanto Quinam, na sua idéia fixa de suicídio, pronunciava seu testamento. Devagarinho, um coro de vozes foi aparecendo e a "Garota de Ipanema" tomou conta da sala. Enfermeiras pararam seus afazeres para ajudar com suas vozes. Dra. Quinan, claro, desistiu do suicídio para se reconciliar com Manjericão.


E a bossa foi esta: em cima da cadeira ou a beira do abismo, em qualquer limite que se trace entre realidade e fantasia, vale a pena arriscar um espaço para falar das coisas da vida.


(trecho editado do relatório de atividades da artista Marina Quinam, integrante dos Doutores da Alegria)

2 comentários:

Allan disse...

1) Adorei a mais nova definição de Y;
2) Achei interessante como os Doutores da Alegria escrevem relatórios parecidos com os nossos.

Melissa disse...

Eu comecei a ler e pensei: Quem é dra Quinan e dr Manjericão? Devem ser alguns dos Novylhos que ainda não tinham nome. heuheuheuhe
Acho que nós estamso no caminho certo! \o/
Bjão!