quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

Y fez-se a luz

Para um mundo pesado
Veio um menino bonito
Coberto por palhas
Aquecido pelo infinito

Para um mundo fechado
Rasgou-se o céu de espanto
Derramando gotas de brilho
Para quem só tinha de pranto

Para os habitantes calados
Cansados no leito da morte
De cada dia
Nasceu enfim o norte
Na alegria de um moleque

De sandálias e sujo nos pés
Brincador de esconde e de pega
Soltador de pião
Cantador de cordéis

Soltando divina pipa ele vem
Levando essa gente sofrida
No fio prateado da vida
Para um olhar mais além

Não foi em vão que morreu
Traído e pregado
Dando a esse povo ao léu
O divino remédio do céu


Felyz Natal a todos!!!

2 comentários:

Limão disse...

pô, Allan.. tá lindo.

Feliz natal pra todos dos Y! que eu ainda possa viver muitas coisas boas no Y!

beyjos azedos
:**

kakinha disse...

=)))