quarta-feira, 26 de março de 2008

Para cuidar é preciso cativar ?!


Lembrei do Y ....


O Pequeno príncipe e a raposa


" E foi então que apareceu a raposa:

-Bom dia - disse a raposa.

- Bom dia- respondeu polidamente o principezinho, que se voltou, mas não viu nada.

- Eu estou aqui- disse a voz- debaixo da macieira ...

- Que és tu? - perguntou o principezinho. Tu és bonita ...

- Sou uma raposa - disse a raposa.

- Vem brincar comigo - propôs o principezinho.

- Estou tão triste ...

- Eu não posso brincar contigo - disse a raposa - Não me cativaram ainda.

- Ah ! Desculpa - disse o principezinho. Após uma reflexão, acrescentou:

- Que quer dizer "cativar" ? Eu procuro amigos. Que quer dizer cativar !?

- É uma coisa muito esquecida - disse a raposa. Significa "criar laços" ...

- Criar laços ?

- Exatamente - disse a raposa. - Tu não és ainda para mim senão um garoto inteiramente igual a cem mil garotos. Eu não tenho necessidade de ti. E tu não tens necessidade de mim. Não passo a teus olhos de uma raposa igual a cem mil outras raposas. Mas, se tu me cativas nós teremos necessidade um do outro. Será para mim único no mundo. Eu serei para ti única no mundo...

- A gente só conhece bem as coisas que cativou- disse a raposa. - Os homens não têm mais tempo de conhecer coisa alguma. Compram tudo prontinho nas lojas. Mas como não existem lojas de amigos, os homens não têm mais amigos. Se tu queres um amigo, cativa-me !

- Os homens esqueceram essa verdade- disse a raposa- Mas tu não a deves esquecer. Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas.


A cada visita temos criado laços únicos ... difícil tem sido muitas vezes saber o limite entre o cativar e o cuidar ... até que ponto podemos nos envolver com os nossos pacientes !? Será que essa dúvida é só minha ?!


abraço companheYros,



Gaby

Dra. Marmota

4 comentários:

Galmaran disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Allan disse...

Não. Não é uma dúvida só sua, Gabyzinha. E acho extremamente válido pensarmos sobre isso enquanto futuros médicos em vez de fechar a página num prático "não podemos nos afeiçoar aos pacientes". Conversas futuras, Gaby. Seria um ótimo tema de se colocar no Y. Eu tenho material de estudo filosófico sobre isso.

Daniel disse...

E eu que visitei hoje?

Rapaz, não sei como ainda me surpreendo. Mais uma vez o Y levantou o meu dia. Aliás, nosso dia-a-dia está cada vez mais corrido, e costumeiramente esquecemos de que o melhor remédio para aguentar a pressão está na visita. Foi maravilhoso hoje, depois conto pra vocês.

Anônimo disse...

Só para lembrar...


"Uma palavra perdida já quase esquecida me vêm relembrar...
Contendo 7 letrinhas e todas juntinhas se lê cativar...
Cativar é amar, é também carregar, um pouquinho da dor, que alguém têm para levar...
Cativou, disse alguém, laços fortes criou, responsável é você pelo que cativou...
Num deserto tão só, entre homens também, vou tentar cativar, viver perto de alguém...
Cativar é amar, é também carregar, um pouquinho da dor que alguém tem que levar..."

Saudades do Y!! ;*


Bjo,

Rochèlle