domingo, 8 de abril de 2007

Ouçam baixinho

Sem muito o que falar, depois de ter ouvido muito a música do Y feita pelo Johann, quis dizer uma coisa...

Às vezes eu quero ficar calado sobre o Y. Como a manter um segredo. Porque é como dizer que vi um anjo. Poucos acreditariam. As pessoas acreditam em números, em arranha-céus, em fábricas. Nada de anjos. Tenho vontade de falar Y sussurrando. Às vezes nem eu mesmo acredito que ele existe. Nesse mundo normal ele não existe mesmo. Mas tem um mundo além, que ultrapassa essa luta do dia e da noite, onde o sol parece encontrar a lua, onde a nuvem parece encontrar a terra, parece ser a nossa terra, onde são outras as palavras... Pronto! É isso. Quero ficar calado sobre o Y porque talvez no silêncio eu possa dizer pras pessoas o que ele é. Tudo que tem entre mim e meu palhaço, entre ele e uma criança. Porque eu não sei cantar, não sei fazer melodias. Se eu soubesse não conseguiria falar Y no seco. Então talvez seja por isso que quero falar sussurrando, porque era num sussurro que minha mãe cantava pra eu dormir, acalmava minha dor, me fazia morrer toda noite, para ir ver anjos. Desculpem, pois, se eu não conseguir dizer pra vocês o que é o Y... é que ele foi feito de outra matéria que não a nossa, foi feito daquilo que não existe... (sussurrando)... é um sonho.

Allan (Dr. Acerola)

4 comentários:

mariliatahim disse...

o silêncio...mts vezes o jeito mais sincero de expressar algo...
é! experiência própria! ;***

cillacampelo disse...

sussurrar... jeito gostoso de expressar sentimentos...

gaby disse...

senti um apertozim no coração quando li ... tem certas coisas q realmente não precisam ser explicadas , somente sentidas ... e como é bom sentir td isso ! essa inquietação ! essa coisa q nos move !
saudade de tu aullanzim ! beijuuu

Pedaço de mim disse...

Como sempre o Allan escrevendo pérolas e iluminando mais ainda essa turma do Y que já é pura luz do sol.

Bj grande Allan